Amazônia é tema de espetáculo de alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro

Musical “Amazônia – Os Encantos da Floresta” irá reunir mais de 120 alunos de todos os núcleos do Liceu e terá participação especial de Marcella Bártholo (foto: divulgação)

Inspirados nos personagens mitológicos do folclore amazônico, como o Curupira, a Cobra Grande e a Matinta-Perêra, e em lendas famosas como a do Tamba-Tajá, os alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro apresentam um espetáculo em celebração ao Dia das Crianças. Com direção artística de Jorge Kennedy, o musical “Amazônia – Os Encantos da Floresta” será encenado no Teatro Amazonas na quinta (12) e na sexta-feira (13), em duas sessões a cada noite, às 18h e às 20h, sempre com entrada franca.

“Amazônia – Os Encantos da Floresta” terá a participação de cerca de 120 alunos de todos os núcleos do Liceu: Música Popular, Música Erudita, Dança, Teatro e Artes Visuais. Os corais Infantil, dirigido por Hugo Pinheiro, e Jovem, por Dhijana Nobre, também tomam parte no musical, que terá ainda participação da cantora Marcella Bártholo, integrante da edição de 2016 do reality show “The Voice Kids” (Rede Globo) e ex-aluna dos cursos de Canto Coral do Liceu Claudio Santoro. O espetáculo é uma realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura.

De acordo com Jorge Kennedy, que também é coordenador artístico do Liceu Claudio Santoro, o musical do Dia das Crianças já é uma tradição. “Começamos em 2015 com ‘Os Saltimbancos’, que foi um sucesso absoluto de público. Em 2016, repetimos a dose, também com uma resposta incrível do público, e neste ano resolvemos trabalhar com a temática da Amazônia, baseada em músicas do compositor paraense Waldemar Henrique. Iniciei os trabalhos em cima do texto, e assim nasceu ‘Amazônia – Os Encantos da Floresta’”, conta o autor do espetáculo e teatrólogo.

Trabalho em equipe – Kennedy explica que, a partir da concepção do texto, cada núcleo começou a trabalhar sua participação no musical. “Os professores do Núcleo de Música Popular, por exemplo, escreveram os arranjos das músicas de Waldemar Henrique. Os alunos de Artes Visuais produziram a arte do cartaz, os figurinos e ainda vão produzir a cenografia. Posso dizer que todas as turmas estão trabalhando como uma só”, destaca.

Participando da ação pela primeira vez, o jovem Davi Felipe, de 18 anos, interpretará o índio Muriacin, protagonista da lenda do Tamba-Tajá. Aluno de Canto Coral desde março deste ano, o jovem conta que está sendo emocionante a expectativa de uma apresentação no Teatro Amazonas. “A gente sabe que as pessoas vão ao Teatro para ter contato com entretenimento de qualidade. É algo que os professores sempre estão reforçando com a gente, e estamos nos dedicando para trazer o melhor para o público”, ressalta.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here