Dívida de locação de viaturas passa de R$ 9 milhõs, segundo SSP-AM

Segundo a SSP-AM, mesmo com as faturas em aberto, em julho de 2017, a frota de veículos foi trocada por carros novos e, também, apesar dos atrasos, os serviços de manutenção continuaram sendo realizados (foto: Adneison Severiano/G1 AM)

A falta de pagamento de contratos das empresas de locação de veículos das polícias Civil e Militar rendeu uma dívida de R$ 9.427.156,75. É o que afirma a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), que atribui a situação à gestão de David Almeida, governador interino até a eleição de Amazonino Mendes.

Ao todo, seis empresas são contratadas para o aluguel dos veículos que fazem o policiamento em todo o Estado. O contrato engloba 638 viaturas, incluindo a manutenção e revisão dos automóveis e o seguro para o caso de acidentes e danos. Além disso, o documento também exige que a empresa troque os veículos após um período de dois anos.

Segundo a SSP-AM, mesmo com as faturas em aberto, em julho de 2017, a frota de veículos foi trocada por carros novos e, também, apesar dos atrasos, os serviços de manutenção continuaram sendo realizados. A pasta afirma que os veículos “só não foram retirados das ruas pelos empresários porque os prestadores do serviço estavam na expectativa de receber”.

A secretaria pontua ainda que há parcelas para pagar atrasadas desde 2015, mas a maior parte da dívida se concentra no período de maio a setembro de 2017, período em que David Almeida assumiu o governo. Nesse intervalo de tempo, 15 faturas deixaram de ser pagas. (fonte: G1 AM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here