Érico Desterro é eleito vice-presidente do Instituto de Inteligência dos Tribunais de Contas

Presidente eleito do IRB, Ivan Lelis, o vice-presidente eleito Érico Desterro (fofo: divulgação)

Ex-presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) e ouvidor-geral do TCE-AM a partir de janeiro 2018, o conselheiro Érico Desterro foi eleito, no final da tarde desta quinta-feira (23), vice-presidente do Instituto Rui Barbosa (IRB), o órgão de inteligência dos TCs, que realiza estudos, pesquisas e capacitações nos Tribunais de Contas. A eleição aconteceu na Assembleia-Geral do IRB, durante 29o Congresso dos Tribunais de Contas do Brasil, em Goiânia, que reúne conselheiros, auditores e membros de Ministério Público de Contas de todo o país.

Com mandato a ser exercido no biênio 2018-2019, o conselheiro do Amazonas ficará responsável pela vice-presidência de Desenvolvimento Institucional do IRB em todo o Brasil, dando apoio ao presidente eleito do Instituto, o conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná, Ivan Lelis Bonilha.

Os outros quatro conselheiros eleitos que vão compõem o colegiado de vice-presidentes da Casa do Conhecimento dos TCs são Edilberto Carlos (Presidente do TCE-CE), Inaldo da Paixão (Presidente do TCE-BA); Sidney Estanislau (Presidente do TCE) e Sebastião Helvecio (ex-presidente do TCE-MG e atual presidente do IRB). Cada um ficará responsável por um segmento dentro do IRB.

Feliz com a confiança depositada pelo colegiado do IRB, que deu lhe concedeu 33 votos, o conselheiro Érico Desterro disse que a participação do TCE-AM no corpo diretivo do IRB, que tem parcerias na área de inteligência com o Tribunal de Contas da União, Justiça Federal, Ministério Público Federal e Polícia Federal, é importantíssimo e garante ao Amazonas representatividade nacional nas discussões e no aperfeiçoamento do Controle Externo. As reuniões do colegiado do IRB iniciam em janeiro e seguirão um calendário aprovado pelos conselheiros.

Desde a quarta-feira (22), conselheiros, auditores, procuradores, contabilistas, economistas, advogados, administradores, além de várias autoridades, participam do 29o Congresso dos Tribunais de Contas do Brasil, em Goiânia que termina nesta sexta-feira (24/11). Entre os palestrantes dos vários painéis nos três dias de encontro, estiveram o escritor moçabincano e vencedor do prêmio Camões, Mia Couta; o ministro da Educação, Mendonça Filho; o ministro do TCU, José Múcio Monteiro; o professor e historiador da Unicamp, Leandro Karnal; o senador Cássio Cunha Lima e a especialista de mídias Digitais, Elis Monteiro, que teve um encontro paralelo com os assessores de imprensa de todos os TCs do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here