Nos últimos dez meses a gasolina aumentou 107 vezes

A decisão da Petrobrás de reajustar preços diariamente se aproveitou da decisão do governo de aumentar os impostos sobre combustíveis

(charge: reprodução/internet)

A Petrobras aumentou o preço dos combustíveis cerca de 107 vezes em apenas dez meses, desde quando adotou, em 3 de julho de 2017, a política que na prática dolarizou os combustíveis e promoveu reajustes de quase 30% no período em que a inflação foi de menos de 2%. Em média, no período, foi um aumento a cada três dias. A estatal alega “alta do petróleo” e “variação do câmbio” para dolarizar o combustível. E ainda há quem considere essa centena de aumentos defensável.

O preço médio dos combustíveis subiu quase 20% entre julho e dezembro. Já atingiu 27,8% cerca de 14 vezes a mais que a inflação. Desde fevereiro deste ano, a Petrobras aumentou a gasolina 41 vezes. Começou quando o litro, sem tributos, custava de R$1,57.

Das 21 reduções irrisórias no preço da gasolina, pela Petrobras, cinco ocorreram durante a atual greve dos caminhoneiros. (Diário do Poder)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here