A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) vai dobrar o número de conizações realizadas pelo serviço de Ginecologia com a chegada, nesta quinta-feira (28/11), dos novos equipamentos – mesa ginecológica com mocho, colposcópio e bisturi de alta frequência – que irão reforçar a estrutura utilizada na prevenção contra o câncer de colo de útero.

Com o aumento do número de vagas, a expectativa é que se diminuam os casos desse tipo de câncer no Estado. De janeiro a setembro de 2019, o serviço de Ginecologia realizou 402 conizações em mulheres diagnosticadas com lesões de alto grau precursoras de câncer de colo de útero.

O aparelho colposcópio é usado na realização da conização, que é um procedimento cirúrgico, feito em nível ambulatorial, para a retirada de lesões precursoras de câncer de colo de útero, causadas pelo Papilomavírus humano (HPV) de alto risco. O procedimento dura cinco minutos, e a FCecon é o único hospital de referência no Estado.

Aquisição O equipamento foi comprado e doado por dois empresários da sociedade civil, a partir de uma campanha – vídeo veiculado pelas redes sociais – da responsável pelo serviço de Ginecologia da FCecon, ginecologista Mônica Bandeira. A iniciativa é pioneira no hospital e demonstra a capacidade de mobilização para a melhoria dos serviços públicos.

Segundo o diretor-presidente da FCecon, mastologista Gerson Mourão, a doação demonstra a atenção que a sociedade civil tem com a unidade hospitalar. De acordo com ele, as pessoas abraçaram a luta contra o câncer, particularmente, o de colo de útero. “Vemos que a sociedade acredita na gestão. Os equipamentos irão beneficiar àqueles que necessitam do serviço”, destacou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.