quinta-feira, junho 24, 2021

Grand Slam de Jiu-Jitsu Esportivo marcado para novembro

0

Encerrando o calendário anual de competições, a Federação Amazonense de Jiu-Jitsu Esportivo (FAJJE), está com inscrições abertas para o Grand Slam Jiu-Jitsu Esportivo. O evento acontecerá no dia 24 de novembro, a partir das 9h, no Ginásio Ninimberg Guerra, localizado no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com o presidente da federação, Luis Neto, o diferencial desta competição, é que os atletas não precisam apresentar apenas a carteira da FAJJE, a inscrição é aberta para lutadores filiados a qualquer federação ou confederação de jiu-jitsu. “Para o atleta participar do Grand Slam, ele não precisa estar federado apenas a FAJJE, os atletas podem apresentar carteira de filiação de qualquer outra federação estadual, nacional ou internacional”, explicou.

A competição contará com todas as categorias, do Pré-Mirim ao Sênior, da faixa branca à faixa preta, no masculino e feminino. A disputa vale pontos no ranking da FAJJE, além de premiar em dinheiro as equipes campeãs e os campeões Absolutos.

As inscrições no valor de R$ 50 para um evento e R$ 80 para os dois eventos (GI e NoGi, podem ser feitas na sede da federação. Mais informações sobre o evento através dos telefones (92) 99117-5444/3088-7710 ou no endereço eletrônico www.fajje.com.br

Primeira fase da Copa do Mundo entra na reta final

0
(foto: reprodução/internet)

Começa hoje (25) a última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. Chegou a hora H para muitas seleções definirem o seu futuro na competição. Nesta rodada, os dois jogos de cada grupo serão realizados ao mesmo tempo. Hoje é dia de definir como ficarão os grupos A e B.

Uruguai x Rússia – 11h, Samara

Arábia Saudita x Egito – 11h, Volgogrado

O grupo A já está resolvido em termos de classificação. Uruguaios e russos se enfrentam para saber quem terminará em primeiro no grupo. O primeiro colocado do grupo A enfrentará o segundo do grupo B.

A Rússia chega com autoridade por ter goleado a Arábia Saudita e vencido o Egito, do craque Mohamed Salah, sem grandes dificuldades.

Já o Uruguai irá a campo com todo o estádio torcendo contra. E nessa atmosfera terá que provar que o seu ataque, formado por Cavani, do Paris Saint-Germain, e Suárez, do Barcelona, é realmente digno do respeito que lhe é conferido desde antes do início do Mundial.

Volgogrado receberá uma típica partida amistosa. O único atrativo do jogo será Salah. Ainda se espera do atacante egípcio uma performance correspondente ao que ele já mostrou no Liverpool, da Inglaterra.

Espanha x Marrocos – 15h, Kaliningrado

Irã x Portugal – 15h, Saransk

Para a Espanha, o jogo vale muito. Para os marroquinos, a honra. Marrocos é o único time do grupo já eliminado da competição. Apesar de ter feito dois bons jogos, dominando as ações na maior parte do tempo, perdeu ambos. Enfrentará uma Espanha que precisará apenas empatar para garantir a classificação.

A maior dúvida sobre esta partida é se Marrocos jogará todo na defesa e explorando os contra-ataques ou tentará uma tática kamikaze, procurando jogar de igual para igual com a Espanha, campeã mundial de 2010.

A Espanha, que fez uma partida abaixo do esperado contra o Irã, garante a classificação com um empate, mas só descobrirá se ficará em primeiro ou em segundo depois do fim da outra partida. Se Portugal vencer seu jogo, entrarão em ação os critérios de desempate.

Portugal, empatada com a Espanha com 4 pontos, enfrentará uma seleção iraniana ainda com chances, tendo 3 pontos ganhos. Só uma vitória interessa ao Irã, enquanto um empate resolve a classificação dos portugueses.

O favoritismo da seleção de Portugal no jogo poderá lançá-la naturalmente ao ataque. Ainda que só tenha conseguido um gol na Copa – e ele tenha sido contra, de um atleta marroquino – o Irã ameaçou o gol da Espanha várias vezes na segunda rodada, em jogadas de contra-ataque.

Música e exposições agitam a Meia Maratona Sustentável, domingo, na ponte Rio Negro

0
(foto: divulgação)

Música, exposições de carros e motos, palestras, atividades físicas e outras atrações estão na programação da primeira Meia Maratona Sustentável de 6km e 21 km que acontece neste domingo (24), na ponte Jornalista Phelipe Daou, mais conhecida como ponte Rio Negro, zona oeste de Manaus, a partir das 6h.

O evento voltado a ações de preservação e conservação do meio ambiente é promovido pelo Centro de Ensino Técnico (Centec) e conta com mais de 1.500 inscritos. Para esta edição, a organização da Meia Maratona preparou uma programação especial para agradar toda a família. Entre elas, as apresentações dos projetos executados pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS), como a Virada Sustentável Manaus 2018. No stand da FAS, estarão sendo vendidas bolsas feitas de banner e camisas da Virada. Todo dinheiro arrecadado neste dia será revertido ao Programa de Restauração Ecológica e Urbanização Sustentável na Amazônia (Reusa).

Além disso, o público poderá prestigiar a exposição de produtos feitos com materiais recicláveis, produzidos pela cooperativa de catadores de Manaus. Quem também marcará presença no evento é a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) que, na ocasião, estará distribuindo cartilhas sobre educação ambiental e entregando mudas.

Já para o público que não abre mão de adquirir novos conhecimentos, o Centec estará oferecendo em seu stand promoções especiais e realizando matrículas presenciais. A instituição irá presentear, ainda, os participantes com brindes do ‘kit torcedor’.

E para encerrar o grande evento, o cantor P.A Chaves estará embalando o público com as toadas dos bois Garantido e Caprichoso, tudo para deixar os participantes da Meia Maratona Sustentável já em sintonia com o Festival Folclórico de Parintins, que acontece na próxima semana.

“Farei mais de uma hora de show, relembrando os grandes sucessos dos bois de Parintins. Como se trata da Meia Maratona Sustentável, eu resolvi mesclar as toadas e colocar no repertório aquelas que falam do Meio Ambiente. Mas também não faltarão as toadas deste ano, já que estamos no esquenta do Festival de Parintins. Será um show bastante animado como é o boi-bumbá”, disse P.A Chaves.

Sobre a corrida

A Meia Maratona Sustentável do Centec terá percursos de 6km e 21 km. A largada está programada para às 6h, na ponte Jornalista Phelipe Daou. O evento é ainda alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado neste mês de junho.

De acordo com a organização, mais de 1,5 mil pessoas foram inscritas na prova. Para o percurso de 6km, o retorno será na própria ponte, em 3km, e para o percurso de 21km, o retorno será depois da central de abastecimento do Iranduba, em 10,5km. Haverá premiações para a categoria geral (masculino e feminino), deficientes (cadeirantes e visuais) e terceira idade.

“Escolhemos a ponte como cenário da primeira Meia Maratona, porque quando pensamos em natureza, pensamos nesse maravilhoso Rio Negro, cercado de verde. Não tem lugar mais bonito para você começar seu dia, correndo e falando sobre preservação da nossa floresta e do mundo”, disse a diretora do Centec, Eliana Pinheiro.

A Fisio Gade e a Personal Fitness serão as responsáveis pela preparação e pelo aquecimento dos participantes da prova. No local, serão feitas atividades como: massagem no gelo, alongamento, liberação miofascial, laserterapia, ventosaterapia, quiropraxia, eletroestimulação, reboout (botas de compressão), aplicação de Kinesio, além da avaliação física dos atletas.

Copa tem rodada inicial com 2ª pior média de gols em seis mundiais

0
(foto: reprodução/internet)

A primeira rodada da Copa da Rússia 2018, encerrada nesta terça-feira (19) com o jogo Senegal 2 x 1 Polônia, só ganha em número de gols para a mesma fase da Copa de 2010, quando se leva em conta as últimas seis disputas, que formam a era das copas com 32 seleções participantes.

Até agora, na Rússia, foram 36 gols, média de 2,25 por jogo, contra 25 marcados em 2010, média de 1,56. A primeira rodada, sempre com 16 jogos, marca a estreia de todas as seleções. O recorde de gols é da Copa de 2014, no Brasil, com 47 gols, média de 2,93 por partida.

Uma copa do mundo com 32 seleções na fase final foi disputada pela primeira vez em 1998, na França. Em 2018, a disputa se realiza neste formato pela sexta vez.

Em cinco copas da era de 32 seleções, a maioria dos gols ocorreu no segundo tempo dos jogos. A exceção é da Copa de 2010, com 16 gols no primeiro tempo e 9 no segundo.

Já 2018 bateu o recorde de gols na cobrança das penalidades máximas. Foram 7 contra 6 de 2014.

Em gols contra as próprias redes, a atual copa se igualou à primeira, em 1998. Foram 4 gols marcados contra.

O maior público foi o da primeira rodada da Copa de 2006, na Alemanha, com 829.439 pessoas.

O total de público na primeira rodada de 2018 foi de 742.750 pessoas, sendo maior apenas que o público das copas de 1998, na França, e 2002 na Coréia do Sul e Japão. (Ag. BR)

Brasil vence Croácia por 2 x 0 com gols de Neymar e Firmino

0
(Croacia, Futbol, Amistoso, Brasil, Laos) EFE/EPA/PETER POWELL

Após o gol de Neymar aos 23 minutos, a seleção brasileira passou a ter o domínio completo da partida. Neymar, Coutinho e Willian passaram a dominar os dois lados do campo, abrindo a marcação da Croácia. O time croata recuou, explorando apenas jogadas de contra-ataque. Aps 36 minutos, Tite fez mais duas mudanças no Brasil: Taisson entrou no lugar de Phillipe Coutinho e Fred no lugar de Willian. As alterações, no entanto, não dimuíram o ritmo da seleção, que permaneceu no ataque.

Até o fim da partida, a equipe brasileira manteve a posse da bola, impedindo que a Croácia oferecesse perigo à defesa. Aos 43 minutos, Roberto Firmino, numa troca de passe com Danilo, avançou pela direita e da entrada da área chutou contra o gol croata, mas a bola passou poir cima. Na beira do gramado,Tite pedia que o time mantivesse a posse da bola. Aos 45 minutos, mais uma vez Roberto Firmino, após uma sobra de bola, em frente à área adversária, voltou a chutar perigosamente ao gol.

Aos 48 minutos, depois de tentar duas vezes, Roberto Firmino faz o segundo gol brasileiro, após um grande lançamento de Paulinho. A Croácia nem teve tempo de fazer a saída de bola e o jogou terminou.

Fla vence Bahia com gols de Diego e Paquetá e se isola na liderança … – Veja mais em https://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2018/05/31/flamengo-x-bahia.htm?cmpid=copiaecola

0
(foto: reprodução/internet)

Comandado por Diego e Lucas Paquetá, o Flamengo venceu o Bahia por 2 a 0, na tarde desta quinta-feira (31), no Maracanã, e se isolou na liderança do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro chegou aos 17 pontos contra 16 do vice-líder São Paulo.

Já o Tricolor baiano continua com 8 pontos, em 16º, na beira da zona do rebaixamento, podendo ser ultrapassado ainda nesta rodada por Santos ou Atlético-PR, que se enfrentam às 21h e somam 6 pontos.

O Flamengo agora tem pela frente o grande jogo com o Corinthians, neste domingo, novamente no Maracanã. Já o Bahia pega o Grêmio em casa.

Brasileira cai e fica em último na final da patinação dos Jogos de Inverno

0
Aos 22 anos, a jovem foi a 12ª atleta a se apresentar e mesmo não conseguindo um resultado notório, fez história ao não só se tornar a primeira brasileira a disputar uma final olímpica no gelo, mas também a primeira atleta representando um país sul-americano a conseguir o feito. Nascida nos Estados Unidos, Isadora representa o Brasil em torneios oficiais desde 2010. Em 2014, disputou sua primeira Olímpiada de Inverno, em Sochi, na Rússia, onde nem sequer se classificou para a decisão da patinação artística individual. Nesta quinta-feira, ela mostrou sua identificação com o Brasil ao se aquecer ao sim de Vai Malandra, hit da cantora Anitta, no programa curto. Resta saber se PyeongChang será a última Olimpíada de Inverno de Isadora Williams ou se atleta seguirá atuando profissionalmente. Nos Jogos de Pequim, em 2022, ela terá 26 anos, e a necessidade de ter que dividir suas obrigações relacionadas ao esporte com os estudos pode ser um fator a pesar em sua decisão (foto: reprodução/internet)

O sonho de Isadora Williams, a primeira atleta brasileira a disputar uma final de Olimpíadas de Inverno, terminou em frustração na madrugada desta sexta-feira, nos Jogos de PyeongChang, na Coreia da Sul. A atleta de 22 anos, nascida nos Estados Unidos e filha de mãe brasileira, demonstrou nervosismo, caiu durante sua apresentação, e terminou a final da patinação artística individual na última colocação entre as 24 concorrentes. Ela somou 88,44 no programa longo e 144,18 pontos no total.

Diante de uma arena lotada, Isadora Williams sofreu uma queda após as primeiras coreografias e pareceu sentir a pressão. A jovem atleta ainda pecou em alguns quesitos ao som da música Nyah, do filme Missão Impossível 2, saindo da pista demonstrando tristeza e insatisfação com seu desempenho.

Aos 22 anos, a jovem foi a 12ª atleta a se apresentar e mesmo não conseguindo um resultado notório, fez história ao não só se tornar a primeira brasileira a disputar uma final olímpica no gelo, mas também a primeira atleta representando um país sul-americano a conseguir o feito.

Nascida nos Estados Unidos, Isadora representa o Brasil em torneios oficiais desde 2010. Em 2014, disputou sua primeira Olímpiada de Inverno, em Sochi, na Rússia, onde nem sequer se classificou para a decisão da patinação artística individual. Nesta quinta-feira, ela mostrou sua identificação com o Brasil ao se aquecer ao sim de  Vai Malandra, hit da cantora Anitta, no programa curto.

Resta saber se PyeongChang será a última Olimpíada de Inverno de Isadora Williams ou se atleta seguirá atuando profissionalmente. Nos Jogos de Pequim, em 2022, ela terá 26 anos, e a necessidade de ter que dividir suas obrigações relacionadas ao esporte com os estudos pode ser um fator a pesar em sua decisão.

 

1ª edição do festival ‘Brincando na Vila’ acontece nesta quinta-feira, 12, na Vila Olímpica de Mananaus

0
As crianças irão se divertir com palhaços, brinquedos infláveis, com distribuição de brindes. Um palco será montado no local para atividades de dança e zumba (foto: divulgação)

Em comemoração ao Dia das Crianças, o Governo do Amazonas por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), irá realizar nesta quinta-feira (12) das 8h às 12h, a 1ª edição do ‘Brincando na Vila’, que será na Vila Olímpica de Manaus, no Dom Pedro, Zona Centro-Oeste da capital.

Segundo a gerência de eventos da Sejel, o festival inicia com esta edição especial, porém, o objetivo é que ocorra uma vez por mês na Vila Olímpica e seja levado também para o interior do Estado. O evento será aberto ao público e tem como foco, resgatar as atividades lúdicas e recreativas.

“Será um evento para comemorarmos o Dia das Crianças, mas também para abrirmos a Vila Olímpica para a comunidade. Será uma ação para a família, o objetivo da Sejel é fazer com que pais e filhos se divirtam juntos”, afirmou Janaina Chagas, titular da Sejel.

André Galvão, gerente de eventos da secretaria, explicou quais serão as atividades disponíveis.

“Durante o evento vamos apresentar as modalidades olímpicas para as crianças. Então teremos brincadeiras de mini voleibol, mini basquete, mini futebol, a ideia é convidar as federações de tiro com arco, boxe, judô e jiu-jítsu, para demonstrar e fazermos um grande festival de modalidades esportivas nesse dia”, destacou Galvão.

As crianças irão se divertir com palhaços, brinquedos infláveis, com distribuição de brindes. Um palco será montado no local para atividades de dança e zumba.

“Teremos uma mini zumba, dança de salão e muita interação entre as crianças e os pais”, completou.

Em campeonato de jiu-jitsu nos EUA, amazonense ganha medalha de prata

0
Lutando duas categorias acima da sua, 60 quilos, Rita disputou uma melhor de três contra a lutadora da casa (foto: divulgação)

A atleta Rita de Cássia Reis, 21, conquistou a medalha de prata, neste sábado (9), pelo San Francisco Elite Jiu-Jitsu World League Series, em São Francisco, na Califórnia.

Lutando duas categorias acima da sua, 60 quilos, Rita disputou uma melhor de três contra a lutadora da casa. Venceu a primeira, perdeu a segunda ao levar um golpe de chave de pé e a terceira também, garantindo assim a medalha de prata.

“Foi uma luta dura, ela é uma adversária muito forte, é experiente no jiu-jitsu. Venci a primeira luta, a segunda perdi e machuquei o pé em uma chave de pé que ela encaixou, aí, na terceira, ela ganhou de novo. Mas foi uma boa luta, um bom desafio”, contou Cássia.

Recém-graduada faixa marrom, a amazonense é a atual campeã mundial de jiu-jitsu pelo Abu-Dhabi World Pro, um dos principais campeonatos da modalidade. Ela diz que agora o foco é no Grand Slam de Jiu-Jitsu.

“Esse foi um bom parâmetro, agora vou treinar ainda mais forte para chegar bem no Grand Slam que será daqui há duas semanas”, ressaltou Rita, que passa por temporada de treinos e competições nos Estados Unidos.

Treino aberto da Seleção Brasileira em Manaus será para 35 mil pessoas e troca dos ingressos por 1kg de alimento será nesta quinta e sexta-feira

0
Na sexta-feira (01), a Seleção Brasileira viaja em voo fretado para Manaus, chegando no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes às 23h30 (foto: divulgação/SEJEL)

Manaus vai receber neste final de semana dois treinos da Seleção Brasileira de Futebol, em preparação para a 16ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018. No sábado, dia 2, a preparação será aberta ao público e inicia às 16h, na Arena da Amazônia, sendo que os portões estarão abertos a partir das 14h. Aqueles que desejarem ver de perto os comandados de Tite, terão que fazer a troca do ingresso por 1kg de alimento não perecível a partir desta quinta-feira, dia 31, na bilheteria do Ginásio Poliesportivo do Amazonas (Loris Cordovil), das 10h às 18h. Será possível a troca de até cinco ingressos por pessoa.

Para o evento, está sendo montando um planejamento que visa a segurança e o conforto ao público, tanto na retirada dos bilhetes que segue até sexta-feira (1), ou até esgotarem os bilhetes. Este público, aliás, poderá ser um dos maiores registrados numa preparação do time canarinho.

Ainda segundo o secretário, uma reunião na tarde desta terça-feira, dia 29, na administração da Arena da Amazônia (Flaviano Limongi), com órgãos de segurança e representantes da CBF selou os últimos detalhes da operação para a troca de ingressos e treino aberto. Lima ainda ressaltou que quanto antes a população adquirir o passaporte para o evento, melhor.

“Sabemos que vai ter uma procura muito grande desses ingressos e vamos abrir duas bilheterias do Ginásio para atender de forma rápida a população. O ideal é que as pessoas possam trocar o quanto antes o ingresso, pois são 35 mil lugares, e eles podem esgotar rapidamente. Teremos uma estrutura nos dias da troca para evitar o cambismo, e uma das ações para combater esta prática foi aproximar ao máximo a data da troca dos ingressos do treino. Na tarde de hoje tivemos uma reunião com todos os órgãos envolvidos na operação e teremos um efetivo de mais de 400 pessoas na segurança e 500 voluntários. Haverá revista tambem no dia do treino e não será permitido materiais perfurocortantes”, destacou.

Todo alimento arrecadado será doado para instituições carentes.