Foragido da ‘Vorax’ é preso em hospital de Manaus

0

O ex-secretário de administração da prefeitura de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), Adriano Teixeira Salan, foi preso na madrugada deste sábado (6), nas dependências de uma unidade hospitalar de Manaus. Ele era um dos foragidos da operação ‘Vorax’, deflagrada em 2008 pela Polícia Federal, no município.

A ‘Vorax’ foi deflagrada com o intuito de desarticular uma organização criminosa liderada pelo ex-prefeito Adail Pinheiro, que desviou recursos públicos de Coari. Adail já foi preso e cumpre pena no Comando de Policiamento Especializado (CPE).

Conforme a PF, na época Adriano era secretário de administração da prefeitura do município e um dos articuladores do esquema de fraudes em licitações. Em junho de 2015, ele foi condenado a mais de 16 anos de reclusão e teve mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça Federal, estando foragido desde então. Adriano Salan teve o seu nome incluído na Difusão Vermelha na Interpol.

Ainda conforme a PF, Adriano era um dos comparsas de Carlos Eduardo do Amaral Pinheiro, chefe do esquema dos desvios de recursos públicos em Coari. Carlos Pinheiro também tem o nome incluído na difusão vermelha e está entre os 10 mais procurados pela Interpol.

Adriano foi levado para sede da superintendência da PF, no bairro Dom Pedro, na Zona Centro-Oeste da cidade, onde serão feitos os procedimentos cabíveis.

 

Fonte: Holofote Manaus

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.