Operação Resposta: secretário Bosco Saraiva começa muito bem na SSP

'O mal não vai vencer o bem', diz Bosco Saraiva após delegado ser baleado em operação e hoje mostra que a Segurança não está para brincadeira (foto: reprodução/internet)

Na manhã desta terça-feira, 10, foi deflagrada pela equipe de investigação do 23DIP, sob o comando do delegado Cícero Túlio a OPERACAO RESPOSTA que culminou com a prisão dos dois atuais líderes da Facção Família do Norte (FDN), que estavam em liberdade e gerenciavam os negócios da Organização Criminosa no Estado.

As investigações iniciaram-se há cerca de 20 dias a partir de informações que davam conta que os líderes da FDN Josué e Alan mantinham um apartamento de luxo, ao lado da delegacia, no bairro Parque Dez, como base para reuniões onde eram discutidas as ações da organização criminosa e era feita a contabilidade do tráfico.

Com base nos levantamentos realizados a equipe do 23DIP iniciou os trabalhos investigativos com a infiltração de agentes os quais verificaram que a quadrilha durante a semana se escondia na fazenda JH, situado no KM 60 da AM 010.

Após o episódio que vitimou o delegado Péricles foi dado o “start” na Operação como RESPOSTA ao atentado contra um representante da Segurança Pública do Estado, resultando na prisão da quadrilha. Com os integrantes da quadrilha foram encontradas duas pistolas, um revólver calibre 38 e dois rifles.

 

Josué Moraes de Almeida (foto: reprodução)

Os líderes da FDN,  Josué Moraes de Almeida (foto) e Alan encontram-se com mandados de prisão em aberto e estavam sendo procurados pelo DENARC, SEAI e Delegacia de Homicídios desde o início do ano. Os apontamentos do tráfico indicam o movimento de milhões de reais para a manutenção dos negócios da Família do Norte.

A sociedade aplaude a resposta mais do que rápida! Oremos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.