Secretário de Esportes do Amazonas leva família para Abu Dhabi em evento oficial e pode ser investigado

1
Foto: reprodução da internet

Vinicius Reis foi um dos campeões da seletiva brasileira para o Abu Dhabi World Championship de Jiu-Jítsu, a quem foi prometida viagem com tudo pago para o torneio nos Emirados Árabes Unidos.

No domingo à noite, ele foi até o Aeroporto de Guarulhos (SP) para embarcar com o restante da delegação, mas foi deixado para trás, sob a alegação de que o governo árabe não lhe concedeu visto. Isso, porém, não foi problema para a família do secretário de Esporte do Amazonas, Fabrício Lima, que levou a mulher e duas filhas.

A denúncia é do site ‘Olhar Olímpico’ , que afirma ter recebido a informação de que o secretário Fabrício Lima também teria tentado incluir na delegação oficial a mulher, Carolina. Questionado, ele confirmou que ela está com ele em Abu Dhabi, assim como as duas filhas, mas justificou que as passagens delas serão arcadas por ele. Fabrício afirmou que as passagens custaram em torno de R$ 4.000 – porém o orçamento que ele apresentou para o Ministério do Esporte cotava o trecho São Paulo/Abu Dhabi/São Paulo em 9 mil reais.

Em entrevista por telefone a repórteres em Manaus, Fabrício afirmou que vai pagar a passagem da sua família *quando voltar*.
Fabrício pode até vir a fazer isso e mostrar recibo. Mas não vai apagar o erro de não ter pago antes. Quando qualquer cidadão brasileiro vai viajar para assuntos particulares, tem que adquirir seus bilhetes com seus recursos próprios e antes de embarcar.

Nesse caso, é preciso haver uma investigação e ver de onde veio a verba que custeou previamente os bilhetes da família do secretário. Se foi realmente verba pública federal do Ministério do Esporte, o Ministério Público Federal tem que agir imediatamente.
A população não suporta mais história mal contada. Oremos!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.