Chef Andrey Alves é nova aposta de Erick Jacquin para a cozinha do bistrô Belle Époque

0

O masterchef Erick Jacquin está estreando um novo reality show na TV, o “Pesadelo na Cozinha”, mas a paixão pela cozinha brasileira continua a mil, especialmente em Manaus, onde o francês apresenta sua nova aposta: o chef Andrey Alves, que assume o cardápio do bistrô Belle Époque (shopping Ponta Negra).

Consultor gastronômico Brasil afora, Jacquin atende casas em São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza e Manaus. Viaja constantemente para fiscalizar a execução dos cardápios desenvolvidos sob encomenda. E recomendou o talentoso Andrey para o bistrô, que na verdade já faz parte da família Belle Époque desde sua reabertura, há 1 ano.

Andrey Alves assume como chef principal do bistrô trazendo na bagagem, além da aprovação de Jacquin, os sabores e temperos da alta gastronomia. O chef anterior, Daniel Cabral, que também trabalhava com o masterchef na casa, seguiu para novas rotas gastronômicas na América.

“É um grande desafio que estou assumindo, com muita responsabilidade e vontade de fazer a casa ser ainda mais reconhecida pela gastronomia, pela qualidade da comida e pela referência francesa com o toque amazônico”, diz o novo chef.

IMG_4601

O bistrô, inclusive, é o primeiro emprego de Andrey, que como centenas de outros chefs, começou no restaurante como auxiliar, depois passou a cozinheiro e chegou a sus chef de Daniel, ou seja, quem assumia o comando nas folgas e ausências do chef principal. “O maior desafio é assumir uma cozinha que já tem personalidade e é bem conhecida, que leva um menu assinado pelo masterchef Erick Jacquin, e que tem peso para ser executado”, explica o amazonense, nascido em Maués e formado em gastronomia.

Além das armas de todo chef, Andrey está cheio de paixão pela culinária e pensa noite e dia na execução de novos pratos, sem perder a característica de estar em um restaurante com menu francês, mas apostando também na apresentação mais contemporânea e no uso mais frequente de produtos da nossa culinária, como o cumaru, puxuri e frutas da estação. “Quero usar esse mix nos pratos executivos. Como sou do interior, conheço bastante os temperos e sabores da região. Tenho vontade de incluir o guaraná da minha terra. Tudo isso dará ao Belle Époque novos e ricos sabores”, diz o chef.

Para o chef Flavio Santoro, que faz parte da equipe de Jacquin há mais de 3 anos, a expectativa com Andrey Alves é das melhores, por seu amor ao que faz, responsabilidade e a constante busca por evolução. Flavio é chef com mais de 10 anos de carreira e responsável, hoje, por realizar as consultorias e eventos que levam a assinatura de Erick Jacquin mundo afora. “No Belle Époque eu passo temporadas para verificar se o padrão da comida do chef está sendo mantido e dar treinamento, além de implantar cardápios novos. É o que estamos fazendo agora, e Jacquin aposta muito no talento do Andrey”, fala Flavio, que tem passagem por renomados restaurantes como o D.O.M., Eñe, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.