Basta ser honesto?

E a tecnologia que vigia a todos nós vai servindo para construir o caderno de provas que ja deixa muitos condenados (charge: reprodução/internet)
E a tecnologia que vigia a todos nós vai servindo para construir o caderno de provas que ja deixa muitos condenados (charge: reprodução/internet)

Manaus acordou agitada com críticas jornalísticas à operação Custo Político! O Editor-Chefe tem sempre uma peculiar preocupação antes de tratar sobre temas delicados, especialmente os que envolvem justiça e medidas de combate à corrupção. Não por acaso, é bom recordar a história de Pompeia, a segunda esposa de Julio Cesar, imperador romano.

Após a visita do jovem Públio Clódio à casa de Pompeia, quando era proibida a presença de homens, César afirmou com convicção: a mulher de César não basta ser honesta, deve parecer honesta! É o caso.

————-

Zap zap é o maior perigo (ou a salvação dos cofres públicos?)

Segundo os juristas consultados pelo Portal, a maior parte das provas contidas nos inquéritos relativos a Maus Caminhos e Custo Político decorrem de arquivos de WhatsApp e Telegram.

As pessoas tramavam e confessavam crimes e esqueciam de apagar. Esqueciam de apagar ou não acreditavam na possibilidade de punição. Até homicídios eram revelados em zap zap. Alguns réus provavelmente serão levados a júri popular.

E a tecnologia que vigia a todos nós vai servindo para construir o caderno de provas que ja deixa muitos condenados, mesmo que ainda não respondam a processo… Oremos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.