Boi-bumbá: tudo pronto para o 1º Festival Amazon Moving

Dançarinos, compositores e cantores de boi-bumbá, disputam premiação que no total somam R$ 50 mil

Artistas da dança e da música atuantes no ritmo da Amazônia, o Boi-bumbá, ganham holofotes durante o 1º Festival Amazon Moving. O Festival abre espaço para os talentos locais e de outros estados, nos dias 22, 23, 24 e 25 de novembro, no Teatro Manauara no Manauara Shopping.

A cadeia produtiva e criativa que depende do Festival Folclórico de Parintins, teve grandes prejuízos diante da pandemia do Covid-19. “Com isso, o Festival vem para movimentar esses artistas e trazer fôlego ao mercado de trabalho que depende dessa cultura”, explica Leonardo Castelo, Diretor do Festival.

Ao todo, 60 dançarinos devem competir no Festival em três categorias de dança. Já na categoria música, 20 toadas foram selecionadas após curadoria. “As toadas já estão pré-produzidas e na semana que vem, já começam os ensaios dos Intérpretes das toadas classificadas com a Banda do Festival. E, na semana do evento, os grupos, quartetos, Trios e duplas de dançarinos também devem fazer o reconhecimento e a marcação de palco para os dias do evento”, afirma Castelo.

Além da oportunidade para expor novos trabalhos, o Festival tem outro incentivo, que é a premiação em dinheiro. De acordo com o Coordenador Geral, Rivaldo Pereira, serão distribuídos em premiação o total de R$ 50 mil.

Protocolos de biossegurança estão asseguradas pela organização para a realização do Festival. “Além disso, todo o trabalho será transmitido via Live, pelo Facebook da empresa organizadora do Festival, portanto sem a presença de público externo; apenas os participantes”, ressalta Rivaldo Pereira.

A comissão julgadora é composta por oito jurados divididos entre as duas categorias: Música e Dança. “São profissionais reconhecidos em suas respectivas áreas de atuação”, enfatiza Leonardo Castelo.

O encerramento do 1º Festival Amazon Moving terá um show especial dos cantores David Assayag e Leonardo Castelo cantando as melhores de Garantido e Caprichoso, antecipa Rivaldo.

Este projeto foi contemplado pelo Programa Cultura Criativa – 2020/Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana”, do Governo Do Estado Do Amazonas, com apoio do Governo Federal – Ministério Do Turismo – Secretaria Especial Da Cultura, Fundo Nacional De Cultura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.