“Dados não serão perdidos”, afirma Queiroga sobre taque hacker

(foto: reprodução/internet)

Apesar do ataque hacker, os dados do Ministério da Saúde não serão perdidos, segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Os sites do ministério sofreram ataque na madrugada desta 6ª feira (10.dez.2021) e estão fora do ar.

É um prejuízo muito grande”, disse Queiroga à Rede Globo. “Mas esses dados não serão perdidos, o Ministério da Saúde tem todos os dados, é só uma questão de resgatar esses dados e colocá-los à disposição da sociedade”.

Mais cedo, o ministro afirmou também que o “empenho total” do ministério era voltar a disponibilizar os dados. Também afirmou que o culpado seria “exemplarmente punido”.

O caso está sendo investigado pelo GSI (Gabinete de Segurança Institucional) e pela Polícia Federal, segundo o ministério. A PF afirmou à GloboNews que informações não foram extraídas das plataformas da Saúde.

Os sites e os aplicativos do Ministério da Saúde sofreram um ataque hacker na madrugada desta 6ª feira (10.dez). Ao tentar acessá-los, uma mensagem assinada pelo Lapsus$ Group informa que “os dados internos dos sistemas foram copiados e excluídos” e orienta contato para resgate.

Os hackers afirmam ter obtido 50 terabytes de informações. O grupo disse ainda que está disposto a negociar esses dados. O sequestro de dados com bloqueio da página, seguido por um pedido de resgate, é chamado ransomware. Nesses casos, a negociação normalmente acontece com o pagamento de um resgate em criptomoeda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.