Termina na segunda-feira, 13, o prazo da defesa do governador do Amazonas, José Melo  (Pros), no processo em que o MPE (Ministério Público Eleitoral) pede a cassação de seu mandato por uso abusivo da PM-AM (Polícia Militar do Amazonas) na campanha eleitoral de 2014.

Também são réus neste processo, com prazo de defesa encerrando também na segunda-feira, o vice-governador Henrique Oliveira (SDD), o deputado estadual Platiny Soares (DEM) e os coronéis Eliézio Almeida da Silva e Aroldo da Silva Ribeiro que no início da campanha eram, respectivamente, comandante e subcomandante. Na semana passada, o MPE ratificou o pedido de cassação do governador nas alegações finais do caso que cumpre últimas fases para julgamento.

 

 

Foto e fonte: AM Atual

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.