Profissionais de escolas associadas ao Sinepe-AM passam por testagem para Covid-19

0

Com o objetivo de monitorar e rastrear os casos de Covid-19, os profissionais das escolas particulares começam a passar por testagem para a detecção do vírus. A ação é uma parceria do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe-AM) e da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

“Trabalhar em conjunto com a FVS-AM tem ajudado a garantir um retorno ainda mais seguro para nossos filhos e também aos profissionais da educação particular no Amazonas”, declarou a vice-presidente do Sinepe-AM, Laura Cristina Vital.

Oitenta e cinco instituições associadas ao Sinepe-AM participarão dos testes. Algumas delas possuem de 4 a 30 colaboradores, entre eles, os que atuam na limpeza até os professores e diretores das unidades de ensino.

A coordenadora da Comissão Estadual de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (CECCIS/FVS), enfermeira Evelyn Campelo, destaca que a testagem visa o diagnóstico precoce, principalmente de casos assintomáticos dentro das escolas, para que seja possível fazer o afastamento em tempo hábil para evitar a disseminação do vírus, garantindo a segurança nesse retorno às aulas.

“Quando o profissional tem o diagnóstico positivo para a Covid-19, é orientado o afastamento e encaminhado para atendimento médico, além disso, também é feito o rastreamento de todos os contatos próximos a ele para identificar se não ocorreram outras contaminações”, informou a enfermeira. Somente após 14 dias que o profissional poderá retornar às atividades com segurança.

A parceria com o órgão não é nova. Assim como no ano passado, a FVS segue recebendo semanalmente, das escolas privadas, formulários informando ocorrências ou não de casos da Covid-19. Dessa forma, o órgão tem o controle dos casos, acompanha a adoção dos protocolos e traça novas estratégias de prevenção.

Profissionais vacinados

Além disso, no último mês, as escolas associadas começaram a participar de um estudo da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) que vai avaliar a imunização de todos os colaboradores das escolas do ensino infantil, fundamental, médio e superior de Manaus. A pesquisa irá utilizar 10 mil vacinas CoronaVac doadas pelo Instituto Butantan. O foco são profissionais com  comorbidades na faixa etária de 18 a 49 anos.

A presidente do Sinepe-AM, Elaine Saldanha frisa que, independente da vacinação, o Sinepe-AM continua recomendando que as escolas sigam  todas as medidas de proteção que promovem a saúde e bem estar para toda a comunidade escolar, desde a sanitização de ambientes, reforço na higienização de ambientes, distanciamento social, até o investimento em máscara e protetor facial (face shield).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.