SENAI Amazonas lidera em Mecatrônica e Automação Industrial

Nacionalmente foram avaliados 49 cursos técnicos e 35.349 estudantes. A avaliação prática foi realizada pela primeira vez em 2016 como experiência piloto na Olimpíada do Conhecimento, em Brasília (foto: divulgação)

Os cursos de Mecatrônica e Automação Industrial do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas) estão em 1º lugar, conforme o ranking do Sistema de Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica (Saep 2017). Pelo segundo ano consecutivo, a instituição se mantém na 3ª colocação geral em melhor desempenho de seus estudantes e docentes, com 89,2% de nível Adequado e Avançado, em relação aos oito cursos técnicos avaliados. O curso de Refrigeração e Climatização também foi bem avaliado, ficou em 3º lugar.

O SENAI Amazonas superou a meta estabelecida para 2017, que era de 74%, a exemplo de 2016, quando alcançou 83,3% nas somas dos níveis Adequado e Avançado, e a meta era 73%. O SENAI conseguiu atingir os critérios avaliados pela banca avaliadora, que mostra o nível de entendimento dos estudantes em relação ao aprendizado, e suas habilidades e técnicas para utilização no mercado de trabalho. O Amazonas foi superado apenas pelos SENAI de Sergipe e São Paulo, que confirmaram aproveitamento de 95,8% e 91%, respectivamente.

Os cursos avaliados foram Refrigeração e Climatização, Eletrônica, Administração, Informática, Automação Industrial, Mecatrônica, Redes de Computadores, todos da Escola SENAI Antônio Simões, e Mecânica, da Escola SENAI Waldemiro Lustoza.

Duzentos e treze alunos, 44 docentes e quatro gestores foram avaliados em duas etapas do Saep, avaliação objetiva, online, desenvolvida com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI), elaboradas por docentes do SENAI, com questões de múltipla escolha, com grau variado de dificuldade, e avaliação prática, que consiste em uma ou mais situações-problemas, que simulam situações reais do dia a dia do trabalho.

“O resultado é sempre positivo para o SENAI e nos motiva ainda mais a melhorar os serviços oferecidos. Sabemos que o alcance dessa colocação é fruto de ações em conjunto de todos os profissionais, que se empenham para levar um ensino profissional de qualidade para os alunos e para a sociedade”, disse o diretor Regional do SENAI/AM, Rogério Pereira.

Nacionalmente foram avaliados 49 cursos técnicos e 35.349 estudantes. A avaliação prática foi realizada pela primeira vez em 2016 como experiência piloto na Olimpíada do Conhecimento, em Brasília. Em 2017 foi implementada nos Departamentos Regionais com 6.323 estudantes, de 10 cursos técnicos, em 279 escolas de 26 departamentos regionais. As avaliações externas contam com a parceria do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.