quinta-feira, maio 6, 2021

Gift Card do Méqui ganha espaço como opção para presentear

0

Mais do que oferecer refeições deliciosas, com os melhores produtos e ingredientes, o McDonald’s está sempre atento às diferentes necessidades e ocasiões de consumo dos seus clientes. Para garantir ainda mais comodidade e conveniência aos fãs da marca, o Méqui oferece desde 2019, o cartão presente, opção ideal para quem busca presentear amigos e familiares com algo original.

O lançamento gerou um novo segmento de vendas na companhia, que contribui para surpreender e fidelizar os clientes. Além da boa repercussão no segmento B2B, como opção para empresas que desejam presentear funcionários e parceiros, a empresa também fortaleceu sua participação no mercado B2C. A marca segue inovando dentro da categoria e tem apostado em edições temáticas. No fim do ano passado, quatro modelos inspirados nas festas de fim de ano foram disponibilizados e, em fevereiro deste ano, a marca lançou edições limitadas do BBB21 junto com uma campanha promocional, que ofereceu 30% de desconto nos itens.

Com opções físicas e virtuais, os gift cards podem ser adquiridos pelo site https://giftcard.mcdonalds.com.br/. Atualmente, 90% das vendas correspondem ao modelo virtual, um reflexo da busca dos consumidores por soluções online durante a pandemia e que reforça a aposta da marca em opções que agreguem mais conveniência e comodidade ao dia a dia. Atualmente 70% dos restaurantes da rede já aceitam pagamento com os cartões presente e a expectativa é que 100% estejam adequados ao formato nos próximos dois anos.

“Estamos sempre atentos aos desejos de nossos consumidores. Sabemos que a conveniência é um fator de grande importância, principalmente no momento atual. Oferecer aos nossos clientes a possibilidade de promoverem um momento Méqui para aqueles que amam a marca, é nossa forma de garantir comodidade e também reforçar a importância que damos à personalização. Com um gift card, você pode escolher qual melhor momento e qual produto mais se encaixa na sua Fome de Méqui”, destaca João Branco, Chief Marketing Officer do McDonald’s Brasil.

A aposta para a plataforma está alinhada com a estratégia da companhia em investir no pilar 3D, com foco em ações para digital, Delivery e Drive-Thru, canais que se tornaram muito relevantes para os resultados da marca no último ano.

Para saber mais sobre o McDonald’s, visite www.mcdonalds.com.br.

Gestores do interior têm até o dia 30 de maio para prestar contas ao TCE-AM

0

Prazo para prefeitos e demais gestores de órgãos do interior do Amazonas enviarem as Prestações de Contas Anuais (exercício 2020) ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) encerra no dia 30 de maio. O prazo foi prorrogado para os 187 órgãos do interior a pedido da Associação Amazonense dos Municípios (AAM).

Até o momento, 71 dos 187 órgãos do interior jurisdicionados à Corte de Contas ainda não enviaram as PCAs relativas ao exercício de 2020. Dentre eles, 29 prefeituras e 16 câmaras municipais. Há ainda 26 órgãos entre serviços de água e esgoto, institutos de previdência social, e fundos de saúde que também precisam prestar as respectivas contas.

Após alcançar 100% de adimplência no envio das prestações de órgãos da capital amazonense, a expectativa do presidente da Corte, conselheiro Mario de Mello, é de obter os mesmos números em órgãos do interior.

“Nosso incansável trabalho vem sendo focado em obter 100% de adimplência nas entregas de prestações de contas pelos gestores. Já conseguimos estes números nos órgãos do Estado e da capital e a expectativa é que os gestores do interior também cumpram seus papéis com o cidadão”, frisou o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

Em caso de não envio ou atraso na apresentação das contas, os gestores estão passíveis à aplicação de multas nos julgamentos do Tribunal Pleno. A apresentação dentro do prazo também não é garantia de que elas serão julgadas regulares, devendo ainda passarem pela análise dos órgãos técnicos do TCE-AM.

Prazo para envio das prestações mensais de dezembro encerra em abril

O prazo para envio das Prestações de Contas Mensais (PCMs) referentes ao mês de dezembro de 2020 também está próximo de encerrar. Até o dia 30 de abril, 70 gestores precisam apresentar as documentações sobre a referida prestação.

Ao todo, 117 órgãos já apresentaram os documentos de forma antecipada, representando 62,5% de entrega restando um pouco mais de uma semana para o fim do prazo. Os bons números aumentam a expectativa da Corte de receber as prestações pelos gestores na totalidade

Texto: Lucas Silva

Prefeito David Almeida instala base da Semulsp na zona Leste

0

O prefeito David Almeida e o secretário de Limpeza Pública, Sabá Reis, entregam nesta quinta-feira, (22), às 16h, uma  base de limpeza permanente na área da zona Leste com mais de 100 servidores. 

Na oportunidade, haverá também a entrega de uma lancha fúnebre que será utilizada para atendimento aos quatro cemitérios rurais da cidade. 

A embarcação servirá para uso dos campos-santos Nossa Senhora do Carmo, na costa do rio Paraná da Eva; Nossa Senhora da Conceição das Lajes, às margens do rio Negro; Santa Joana do Puraquequara, no lago do Puraquequara; e São José do Jatuarana, às margens do rio Amazonas. 

Mais de 15 comunidades deverão ser beneficiadas com o equipamento, que servirá para realização de cortejos fúnebres – que antes eram executados em canoas –  e serviços de atendimento dos cemitérios. 

SERVIÇO:

O quê – Prefeito David Almeida e secretário Sabá Reis instalam base da limpeza pública na zona Leste

Quando – Quinta-feira, 22/4

Horário – 16h

Onde – rua São Sebastião, no bairro Puraquequara, zona Leste.

Instituto Amazônia Equatorial irá protocolar denúncias quanto a novas irregularidades das balsas da Manaus Moderna

0

Após a denúncia de um passeio de barco de turismo com mais de 900 de pessoas e que sairia do porto da Manaus Moderna, localizado no Centro de Manaus, com destino a Praia do Tupé, no último domingo, dia 18, o Instituto Amazônia Equatorial, uma organização social de interesse público federal e que tem o papel de alertar as autoridades do cumprimento das leis ambientais, irá protocolar denúncia ao Ministério Público do Estado (MPE) e Ministério Público Federal (MPF) solicitando o fechamento definitivo das balsas que funcionam na ilegalidade, assim como também exigir de forma imediata uma fiscalização mais efetiva por parte dos órgãos fiscalizadores. O barco foi impedido de sair pela Central Integrada de Fiscalização (CIF), que foi acionada apenas momentos antes da saída do barco.

Segundo, o presidente do Instituto Equatorial, Jorge Hipérion é dever das agências reguladoras ANTAQ e ARSEPAM, além da fiscalização, autorizar o funcionamento desses portos e das embarcações que ali ancoram. “O barco estava ancorado na balsa e provavelmente as pessoas que ali compareceram já sabiam da programação que iria acontecer naquele domingo. Ou seja, a embarcação já estava operando de forma irregular pela total ausência de requisitos essenciais e de segurança que não existem ali. E nem mesmo um simples sistema de controle de passageiros que detectaria bem antes a quantidade excedida, não existe, o que com certeza poderia evitar que a situação chegasse a tanto”, aponta.

Essa não é a primeira vez que o Instituto Equatorial se manifesta em relação ao descaso e ações ineficazes nos portos do Demétrio, bairro dos Educandos e balsas da Manaus Moderna, Centro da capital amazonense.

Em julho do ano passado, logo após retomada e abertura dos transportes fluviais, o Instituto se manifestou sobre a falta de fiscalização e de controle nas operações de embarque de carga e de passageiros tanto no Demétrio quanto na Manaus Moderna.

Na ocasião, o presidente alertou sobre o risco epidemiológico iminente a milhares de pessoas que circulavam diariamente nos portos mencionados e sugeriu ao Ministério Público que os órgãos de vigilância em saúde fornecessem imagens que comprovassem que nesses portos existe itens indispensáveis a higiene, como dispensadores de álcool em gel, delimitações de distanciamento, banheiros com toalhas de papel, entre outros, assim como também solicitou a interdição e fechamento das balsas irregulares. “A situação é séria, ainda existem transportes fluviais feitos de forma irregular e que colocam em risco a vida de milhares de pessoas e nós vamos estar atentos a tudo isso” destaca Hipérion Monteiro, presidente do Instituto da Amazônia Equatorial.

Hipérion chama atenção da população para o desenvolvimento de uma comunicação mais ativa em relação a ilegalidades e denúncias neste tipo de situação e convida para que ela participe de forma mais efetiva e consciente denunciando esses casos utilizando os canais de denúncias oficias e também as redes de comunicação digital para denunciar. “É importante salientar que o Instituto Amazônia Equatorial estará sempre buscando divulgar e informar a sociedade os resultados positivos de operações, e as pessoas e empresas envolvidas”, finaliza.

Testes para covid a partir da coleta de saliva estão disponíveis em Manaus

0

Entre os diferentes tipos de testes clínicos para detectar a presença do novo coronavírus (covid-19) no organismo, o teste molecular ‘PCR em saliva’ está disponível em Manaus. O PCR em saliva não provoca desconforto na hora do exame e apresenta resultado em até três dias úteis.

O PCR em saliva e outros testes clínicos aprovados pelas autoridades sanitárias são ferramentas essenciais para o diagnóstico seguro dos pacientes e para a redução do número de casos. Mesmo com a vacinação já acontecendo no Brasil, o país vive uma preocupante elevação nos casos e nos óbitos decorrentes dessa pandemia. Detectar a presença do vírus o quanto antes é importante para isolar o doente e, assim, evitar a propagação do coronavírus.

Para realizar o PCR em saliva é utilizada a mesma técnica do RT-PCR tradicional, no qual o material a ser analisado é recolhido por uma haste flexível nas narinas. “O RT-PCR é considerado o padrão ouro para detecção do vírus. Tendo em vista que a coleta pela via nasal é desconfortável e pode ser um problema em alguns públicos, como crianças, a realização do exame em saliva torna-se uma alternativa”, explica a coordenadora técnica, Mayara Alves.

A saliva é estudada como material para diagnóstico há mais de 40 anos, devido à facilidade de colher esse fluido e também pela quantidade de informações capazes de serem armazenadas na secreção. Por conta do procedimento simples para a coleta e sua forma não invasiva, além do fácil armazenamento, o setor de medicina diagnóstica, a exemplo do Sabin, investiu na produção deste tipo de testes para o novo coronavírus.

O momento ideal para a coleta é entre o 1º e 7º dia após o início dos sintomas. “Pessoas que estiveram expostas a doentes comprovadamente com infecção pelo coronavírus devem aguardar pelo menos cinco dias após a data de contato com um possível infectado para realizar o exame”, explica a coordenadora. Também não é necessário nenhum tipo de jejum ou preparo especial.

Em Manaus, o resultado é liberado em até três dias úteis e pode ser realizado nas unidades de covid do laboratório do Grupo Sabin ou pela coleta móvel. Na modalidade particular, o exame não requer a apresentação de pedido médico. Para realizar o teste em casa é necessário agendamento prévio.

Outros exames

Além do PCR Saliva, o Sabin possui em seu portfólio outros testes para detectar a covid-19: RT PCR, teste de antígeno e teste PCR rápido. Para saber mais acesse https://marketing.sabin.com.br/coronavirus

Promotor de Justiça Alessandro Samartin assume presidência da Associação dos Membros do MPAM

0

O promotor de Justiça, Alessandro Samartin de Gouveia assume, nesta quinta-feira (15), a presidência da Associação Amazonense do Ministério Público (AAMP). A Sessão Solene será transmitida pelo canal de YouTube da AAMP, a partir das 16h.

O novo presidente da AAMP é doutorando e mestre em direito constitucional pela Universidade de Fortaleza (Unifor); especialista em Direito Processual e em Prevenção e Combate à Corrupção; possui graduação em direito pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió (2004). No MPAM atuou como Chefe do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf).

Ele possui experiência na área de direito, com ênfase em direito público especialmente direito constitucional e administrativo.

TCE-AM multa ex-prefeito de Anamã em mais de R$ 1 milhão

0
O Pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) multou o ex-prefeito de Anamã em 2017, Raimundo Pinheiro da Silva, em mais de R$ 1 milhão, considerando multa e alcance. As penalidades foram aplicadas ontem (14), durante a 10ª Sessão Ordinária do Tribunal Pleno.

A sessão plenária ocorreu virtualmente com transmissão ao vivo pelas redes sociais do TCE-AM (YouTube, Facebook e Instagram), e contou com interpretação simultânea em Libras.

Após análise dos órgãos técnicos da Corte, a relatora do processo, conselheira Yara Lins do Santos, multou o ex-gestor municipal em R$10 mil e o considerou em alcance de R$ 1 milhão. 
Entre as irregularidades apontadas no relatório, estão dispensas de licitações não justificadas, ausências de termos de contratos e termos de aditivos realizados pela gestão, e a não designação de responsáveis pela fiscalização de contratos em portaria.

Também foi recomendado à Câmara Municipal de Anamã que reprove as contas do ex-prefeito Raimundo Pinheiro da Silva, referente ao exercício de 2017.
O gestor tem até 30 dias para realizar o pagamento ao erário ou recorrer da decisão proferida pelo Pleno da Corte de Contas.

Mais julgamentos


O então diretor do Fundo de Previdência Social dos Servidores Públicos de Manaquiri (Funprev) em 2018, Ayrton Romero da Silva, também teve as contas julgadas irregulares pela Corte de Contas.

O gestor deverá pagar multa de R$ 15 mil por não ter completado o Portal da Transparência com todas as informações necessárias e omitido valores indicados em notas. O ex-diretor do Funprev de Manaquiri deve realizar o pagamento da multa em até 30 dias, ou recorrer da decisão no mesmo prazo.

A sessão plenária foi conduzida pelo presidente da Corte de Contas, conselheiro Mario de Mello. Participaram dela os conselheiros Júlio Pinheiro, Érico Desterro, Ari Moutinho Júnior, Yara Lins dos Santos e Josué Neto, além dos auditores Mário Filho, Alípio Reis Firmo Filho, Luiz Henrique Mendes e Alber Furtado. O Ministério Público de Contas (MPC) foi representado pelo procurador-geral João Barroso.

Próxima sessão na próxima terça-feira, dia 20

O presidente Mario de Mello convocou a 11ª Sessão Ordinária para o próximo dia 20 de abril (terça-feira). A sessão será realizada virtualmente e contará com transmissão pelos canais oficiais do TCE-AM no YouTube, Facebook e Instagram.

Profissionais de escolas associadas ao Sinepe-AM passam por testagem para Covid-19

0

Com o objetivo de monitorar e rastrear os casos de Covid-19, os profissionais das escolas particulares começam a passar por testagem para a detecção do vírus. A ação é uma parceria do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe-AM) e da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

“Trabalhar em conjunto com a FVS-AM tem ajudado a garantir um retorno ainda mais seguro para nossos filhos e também aos profissionais da educação particular no Amazonas”, declarou a vice-presidente do Sinepe-AM, Laura Cristina Vital.

Oitenta e cinco instituições associadas ao Sinepe-AM participarão dos testes. Algumas delas possuem de 4 a 30 colaboradores, entre eles, os que atuam na limpeza até os professores e diretores das unidades de ensino.

A coordenadora da Comissão Estadual de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (CECCIS/FVS), enfermeira Evelyn Campelo, destaca que a testagem visa o diagnóstico precoce, principalmente de casos assintomáticos dentro das escolas, para que seja possível fazer o afastamento em tempo hábil para evitar a disseminação do vírus, garantindo a segurança nesse retorno às aulas.

“Quando o profissional tem o diagnóstico positivo para a Covid-19, é orientado o afastamento e encaminhado para atendimento médico, além disso, também é feito o rastreamento de todos os contatos próximos a ele para identificar se não ocorreram outras contaminações”, informou a enfermeira. Somente após 14 dias que o profissional poderá retornar às atividades com segurança.

A parceria com o órgão não é nova. Assim como no ano passado, a FVS segue recebendo semanalmente, das escolas privadas, formulários informando ocorrências ou não de casos da Covid-19. Dessa forma, o órgão tem o controle dos casos, acompanha a adoção dos protocolos e traça novas estratégias de prevenção.

Profissionais vacinados

Além disso, no último mês, as escolas associadas começaram a participar de um estudo da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) que vai avaliar a imunização de todos os colaboradores das escolas do ensino infantil, fundamental, médio e superior de Manaus. A pesquisa irá utilizar 10 mil vacinas CoronaVac doadas pelo Instituto Butantan. O foco são profissionais com  comorbidades na faixa etária de 18 a 49 anos.

A presidente do Sinepe-AM, Elaine Saldanha frisa que, independente da vacinação, o Sinepe-AM continua recomendando que as escolas sigam  todas as medidas de proteção que promovem a saúde e bem estar para toda a comunidade escolar, desde a sanitização de ambientes, reforço na higienização de ambientes, distanciamento social, até o investimento em máscara e protetor facial (face shield).

Prefeitura de Manaus recuperou duas mil ruas em 100 dias da gestão David Almeida

0

Nos primeiros 100 dias da gestão do prefeito David Almeida, e do vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, a Prefeitura de Manaus assumiu o compromisso de estar diretamente nas comunidades, levando serviços que garantem qualidade de vida e cidadania. Nesse começo de trabalho, aproximadamente 2 mil ruas foram recuperadas com serviços de tapa-buracos, com a utilização de 50 mil toneladas de asfalto, em todos os bairros da capital.

“Eu sabia do tamanho do desafio que tínhamos, mesmo antes de assumir a prefeitura, mas nos mantivemos firmes. Com o vice-prefeito Marcos Rotta à frente da Seminf, nós nos esforçamos para levar infraestrutura para quem mais precisa. Por isso, mesmo antes de sermos empossados, no dia 1º de janeiro, iniciamos um grande mutirão de obras na Colônia Oliveira Machado”, salienta o prefeito.

Com um cenário bem atípico devido à pandemia da Covid-19, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) precisou se adequar e afastar de seu quadro 80% dos servidores que fazem parte do grupo de risco. Apesar do déficit no número de trabalhadores, o órgão vem trabalhando diuturnamente e tem alcançado as metas traçadas, por meio de planejamento e comprometimento da equipe técnica da secretaria, além do apoio dos distritos de obras, estrategicamente instalados nos bairros.

“Bairros que estavam há décadas sem atenção foram imediatamente atendidos, e equipes de obras trabalharam intensamente para normalizar o tráfego em vias, que tiveram suas redes de drenagem danificadas. Muitas das ações também foram realizadas de forma preventiva. O ex-prefeito dizia que não havia buracos em Manaus, o que prova que ele não conhecia nossa cidade”, observa o vice-prefeito Marcos Rotta.

‘Obras de Inverno’

Outra ação que tem levado infraestrutura para a cidade é o pacote de “Obras de Inverno”, com serviços de tapa-buracos para 1,7 mil ruas. O primeiro bairro beneficiado foi o Jorge Teixeira, na zona Leste, onde aconteceu o lançamento.

O pacote envolve 300 servidores terceirizados pela Seminf, que trabalham nas imperfeições dos pavimentos, com obras de tapa-buracos em, ao menos, 14 bairros, nesta primeira fase. Ao todo, R$ 30 milhões serão investidos ao longo de seis meses.

Grupo Tapajós aposta em um novo conceito de farmácia

0

Um novo modelo de farmácia começa a ganhar vida no Grupo Tapajós, líder do segmento na Região Norte. A companhia prepara para o dia 10 de abril a inauguração de sua primeira flagship store, sob a bandeira da Drogaria Santo Remédio e situada na Ponta Negra, um dos principais bairros da cidade de Manaus.

A loja-conceito 24 horas traz tecnologias inéditas que podem, inclusive, servir de parâmetro para o varejo farmacêutico nacional. “A farmácia ganhou protagonismo na pandemia, como um canal onde a população pode encontrar tudo de que necessita para sua saúde, bem-estar e conveniência. A flagship reforça essa tendência, ao propor a oferta de um mix mais diversificado, com mais de 800 produtos exclusivos, além de serviços e espaços temáticos que asseguram uma experiência sensorial e de consumo diferenciada”, argumenta o CEO Wili Garcez.

Todos os detalhes foram pensados para tornar mais aprazível a jornada de compra, a começar pela fachada, que mistura a cor verde turquesa da marca com paredões verdes que imitam plantas amazônicas, cortadas por listras pretas que remetem ao Rio Negro. Já o teto da loja tem luminárias de acrílico que imitam a espécie de planta chamada nenúfar, conhecida como Vitória-Régia Amazônica. O formato da loja e o interior estão inseridos no conceito de design biofílico, que lembram elementos da região. Outro diferencial é o encontro entre o gesso nas cores preta e branca, alusivo ao cruzamento dos rios Negro e Solimões.

A nova drogaria preconiza o conceito multimodal ao viabilizar o estacionamento para carros, com 30 vagas; e também de motos e bicicletas. Mas a preocupação com a sustentabilidade estende-se ao mix. “Vamos criar na loja uma nova categoria de saudabilidade, com foco em linhas de produtos veganos, orgânicos, light, diet e sem glúten”, comenta Garcez. Os clientes contarão com o Espaço Beleza, que ocupará um ambiente segregado da farmácia e disponibilizará sessões de maquiagem, além de tratamentos como coloração e hidratação capilar.

Já o rol de assistência farmacêutica da rede contemplará vacinação, exames laboratoriais remotos e testes rápidos da Covid-19, além de serviços já consolidados como aferição de glicemia e pressão arterial, bem como orientações sobre revisão de medicamentos contra obesidade e tabagismo. “Teremos ainda a presença de uma nutricionista, para orientações aos consumidores sobre hábitos de alimentação e os produtos mais adequados para cada cliente”, complementa Garcez.

Tecnologias e interatividade

A comunicação com o cliente no ponto de venda será valorizada com a instalação de dois painéis circulares de LED, inéditos no varejo farmacêutico nacional e que estarão nos dois corredores centrais. Ao lado do balcão de medicamentos, será posicionado um tóten interativo para destacar o catálogo de lançamentos e promoções. Um televisor de 86 polegadas complementa os canais de divulgação para melhorar essa experiência do cliente em loja.