quinta-feira, maio 6, 2021

Ciclovia da avenida das Torres é revitalizada pela PMM

0

A Prefeitura de Manaus iniciou nesta quinta-feira (8), a revitalização da ciclovia construída na avenida Governador José Lindoso, mais conhecida como avenida das Torres, na zona Centro-Sul. O espaço, frequentado por adeptos da prática de atividades físicas, apesar de construído recentemente, já apresenta diversos problemas de infraestrutura.

O vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, fiscalizou o andamento das frentes de revitalização e explicou que além das avarias, há algumas falhas de projeto que devem ser corrigidas, como por exemplo, a falta de vazão de água em alguns trechos. Segundo ele, já é estudada a possibilidade de intervenção de paisagismo no local.

“Este é mais um exemplo de uma obra entregue pelo ex-prefeito sem o devido cuidado, porém o prefeito David Almeida determinou que a revitalização fosse feita para que as pessoas que utilizam este espaço tenham uma pista segura e de qualidade, para a circulação de bicicletas e a prática de caminhadas, algo muito comum”, disse Rotta.

O percurso é de 15,8 quilômetros de ciclofaixa e ciclovia, considerando o caminho de ida e volta, além de outros quatro quilômetros de faixa recreativa. Toda a pista vai ser revitalizada para garantir segurança aos usuários.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) já realizou a revitalização de toda a extensão da avenida das Torres. Além disso, a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) atua também no local, realizando os serviços de limpeza, capinação e poda.

 

 

A organização da rotina escolar dos filhos em tempos de pandemia é tema de live, amanhã (9)

0

Como os estudantes e seus pais, estão se adaptando a nova rotina de aulas e estudos online durante a pandemia, assim como o desenvolvimento de novos hábitos e costumes para que esse período seja aproveitado pelas crianças e estudantes em geral, de forma positiva, mesmo distante fisicamente dos professores, colegas e salas de aula.

Estes são alguns dos temas que serão debatidos na live com a psicóloga e psicopedagoga Adriana Andrea, que acontece nesta sexta-feira (9), a partir das 16h, no projeto “Conversando com a Comunidade”, criado e desenvolvido pela Universidade Nilton Lins e com transmissão aberta para acadêmicos e para toda a sociedade nas redes sociais da instituição.

A reitora Giselle Lins destaca que as apresentações promovidas pelo projeto tem como destaque a abordagem de temas atuais a partir de orientações com foco em análises científicas e acadêmicas. Giselle também ressalta que os participantes também poderão enviar, por e-mail ou telefone, perguntas e dúvidas que serão respondidas pela especialista ao vivo durante a transmissão.

“Posteriormente, cada conversa será transformada em podcast e ficará disponível para todos que não tiveram oportunidade de assistir no horário do evento”, acrescentou.

Pais e escolas

         De acordo com Adriana Andrea, algumas das principais dificuldades relatadas por estudantes e familiares com as aulas online, é a criação de uma rotina de estudo e a compreensão de que aquele momento, de assistir as aulas pela Internet, funciona como uma aula presencial, na qual se deve estar atento aos assuntos apresentados e está aberto ao questionamento de possíveis dúvidas.

         “No caso de crianças e jovens alunos, a presença e participação dos pais é fundamental para que o estudante tome ciência sobre a importância deste momento e para que não aconteçam prejuízos no processo de aprendizado”, explica Andrea, que também é professora do curso de Psicologia na Universidade Nilton Lins.

         A especialista também ressalta a participação indispensável das escolas e instituições de ensino em geral, tanto para orientar aos familiares dos estudantes sobre as aulas online, como também sobre o retorno seguro às aulas presenciais.

SERVIÇO:

O QUE: Live “A organização da rotina escolar dos filhos em tempos de pandemia

QUANDO: Sexta-feira, 16h

ONDE: Redes sociais da Universidade Nilton Lins

QUANTO: Gratuito

Obras do viaduto do Manoa chegam a 80% das adequações técnicas apontadas pelo Crea-AM

0

A obra no Complexo Viário Professora Isabel Victoria, situado no acesso ao conjunto Manoa, na avenida Max Teixeira, zona Norte, atinge cerca de 80% das adequações apontadas no laudo técnico elaborado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (Crea-AM), que fazem parte das medidas determinadas pelo prefeito David Almeida para garantir segurança aos motoristas e pedestres.

A etapa de fresagem da alça (retirada do pavimento antigo) já foi concluída, e as obras avançam para a parte final de concretagem do último tramo do tabuleiro e execução do serviço de recapeamento dos trechos em cima do elevado que está recebendo o pavimento rígido, onde estão sendo utilizados 150 metros cúbicos de concreto armado.

De acordo com o vice-prefeito e secretário da Seminf, Marcos Rotta, as empresas do consórcio que realiza a obra aderiram a todas as adequações apontadas pelo Crea-AM. “Seguimos a recomendação do prefeito David Almeida em ter um diálogo com todos os envolvidos e conseguimos chegar a um consenso, que vai garantir a qualidade necessária para esta obra tão importante para a cidade, mas que infelizmente foi inaugurada de maneira apressada e irresponsável”, disse.

Após o período de cura do recapeamento, que leva em torno de 28 dias, o próximo passo é o da sinalização viária e posteriormente a liberação da via, mediante vistoria da Comissão e de todos os órgãos de controle e fiscalização.

Centec inaugura agência de estágios em parceria com empresas de Manaus

0

A busca por estágio é um momento essencial na vida de todo estudante, mas a inexperiência de mercado e as burocracias podem se tornar barreiras para conseguir uma oportunidade. É nesse contexto que o Centro de Ensino Técnico inaugura o Centec Integrador, uma agência de estágios que irá atender alunos de dentro e fora da escola, junto a empresas parceiras.

O objetivo do projeto, que já está a todo vapor, é criar pontes entre alunos que estão em busca de vagas de estágio e empresas dispostas a contratar esses estudantes, já que os dados de contratação no Brasil demonstram uma dificuldade nessas relações.

De acordo com a Associação Brasileira de Estágios (Abres), o Brasil tem quase 8,8 milhões de estudantes de nível médio e técnico aptos para estágio, no entanto, apenas 260 mil conseguem vaga, o que representa 2,96% do total.

“O Centec integrador cria a possibilidade de nossos alunos terem uma remuneração enquanto estudam. Já no caso das empresas, contribui para que façam um processo seletivo mais assertivo, pois os nossos alunos serão escolhidos visando sempre competência técnica e comportamental”, comenta Eliana Cássia de Souza, diretora técnica pedagógica do Centec.

De acordo com a escola, a agência já está em negociação com ao menos quatro grandes empresas que atuam em Manaus, com o objetivo de abrir novas vagas de estágio para alunos cadastrados no projeto. Para se tornar uma empresa parceira do Centec Integrador, as interessadas podem fazer contato por meio do WhatsApp 99603-0192 ou pelo e-mail [email protected] As empresas poderão tanto solicitar a contratação dos estagiários como divulgar as vagas disponíveis.

Pré-requisitos

O agenciamento pelo Centec Integrador é feito de forma gratuita tanto para alunos da escola como de outras instituições de ensino. O requisito inicial é a pessoa interessada estar matriculada no curso profissionalizante para o qual a vaga será destinada. O valor das bolsas deve variar entre R$ 500 e R$ 1,2 mil.

“A seleção é por análise de currículo, do desempenho nas turmas, suas notas no curso e seu perfil comportamental”, explica Nathalia Flores, gerente de projetos do Centec.

Embora aceitem alunos que não estão matriculados no Centec, a escola irá priorizar alunos da instituição nas seleções.

Como se cadastrar

Para participar das seleções, o candidato deve enviar o currículo (e portfólio, caso julgue importante) para o e-mail [email protected] Segundo Vinícius Cavalcante, agente de integração da agência de estágios, as vagas serão divulgadas à medida que forem disponibilizadas pelas empresas. Para não perder nenhuma oportunidade, siga as redes sociais e canais oficiais do Centec. Clique nos links abaixo para acessar cada uma das páginas.

Amazonas Energia doa 1.100 cestas básicas e 2.200 frangos à comunidades de Manaus

0

O mundo enfrenta uma grande crise devido a pandemia causada pelo coronavírus e esta situação trouxe dificuldades a muitas famílias, o que despertou nas pessoas o lado solidário de ajudar ao próximo, e foi pensando nisso que a Amazonas Energia criou o projeto “Energia Solidária”, que na manhã de sábado (03), realizou a distribuição de 1.100 cestas básicas e 2.200 frangos para famílias em estado de vulnerabilidade de Manaus.

Nesta ação, as localidades em Manaus contempladas no ‘Projeto Energia Solidária’ foram: Alvorada, Bairro da Paz, Campo Dourado – Riacho doce 2, Cidade de Deus, Col. Antonio Aleixo, Colônia Santo Antonio, Compensa, Comunidade Santa Terezinha, Comunidade Tapajós (Torquato), Comunidade Vila da Felicidade, Coroado 1,2 e 3, Educandos, Fazendinha, Flores, Zumbi, João Paulo, Bairro da União, Japiim, Jorge Teixeira IV etapa, Nova Cidade, Novo Reino, São Francisco, Grande Vitoria, Lar de Vitórias, Lírio do Vale, Mauazinho, Monte das Oliveiras, Nova Esperança, João Paulo, São José, Paricatuba, Petrópolis, Parque Mauá, Coroado, Redenção, São Jorge, São Raimundo, Tarumã, Terra Nova, Rio Piorini, Loteamento América Do Sul, Nova Israel, União da Vitória e Vila da Prata.

O Energia Solidária é uma ação da Amazonas Energia que conta com a participação de colaboradores da Empresa que, além de fazerem suas doações, ajudam na montagem e entregas dos kits para auxiliar várias famílias que estão passando necessidades por conta do enfrentamento a pandemia do coronavírus. Mais de 50 colaboradores e suas famílias participaram desta ação, que contou com a participação da empresa North Tech como parceira nas entregas. As próximas ações devem contemplar outras comunidades de Manaus e do interior do Amazonas.

O projeto ‘Energia Solidária’ tem como slogan: Mais que energia, distribuindo solidariedade para o Amazonas.

Prefeitura de Manaus libera uso de espaços coworking no Casarão da Inovação Cassina

0

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), libera gratuitamente na próxima segunda-feira, 5/4, a utilização dos espaços coworking, no Casarão da Inovação Cassina, rua Bernardo Ramos, 290, Centro, mediante agendamento prévio.

O Casarão dispõe de salas de reuniões, escritório privado e coworking, modelo de trabalho que se baseia no compartilhamento de espaço, para profissionais e startups que necessitarem de local gratuito para encontros, reuniões e desenvolvimento de projetos e negócios.

O prédio dispõe também de internet, estações de trabalho, banheiros e locais para realizar refeições. Computadores, projetores e impressoras não são disponibilizados pela prefeitura, sendo os devidos materiais de responsabilidade do usuário.

A Semtepi informa que o espaço não está disponível para visitação, somente para uso como coworking. Para agendar uma data, basta acessar o link: https://minhaagendavirtual.com.br/casaraodainovacaocassina.

COVID-19: Amazonas registra 830 novos casos e confirma 17 mortes

0
(foto: Bruno Kelly)

O Amazonas registrou de 830 novos casos de Covid-19 nesta sexta-feira (2). Com a nova atualização o estado chegou ao total de 351.118 casos da doença desde o começo da pandemia, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

Segundo o boletim, foram confirmados 17 óbitos por Covid-19, sendo 10 ocorridos na quinta (1º) e sete óbitos tiveram a causa para covid confirmada somente agora. Assim, o estado soma 12.048 o mortes, ao todo.

Na capital, foram registrados oito sepultamentos por Covid-19.

O boletim acrescenta ainda que 38.814 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de saúde, o que corresponde a 11,05% dos casos confirmados ativos.

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, e internados em Manaus, há 738 pacientes, sendo 385 em leitos (65 na rede privada e 320 na rede pública), 336 em UTI (83 na rede privada e 253 na rede pública) e 17 em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

Supermercados são fiscalizados após denúncias de aglomeração

0
Cinco supermercados são fiscalizados em Manaus — Foto: Divulgação

Cinco supermercados na Zona Leste de Manaus foram fiscalizados, na quarta-feira (31), após denúncias de aglomeração e descumprimento de medidas preventivas contra a Covid-19. Um supermercado foi autuado e outro notificado pela Vigilância Sanitária de Manaus.

Em uma das ocorrências, na Avenida Autaz Mirim, bairro São José, o supermercado foi autuado pela Vigilância Sanitária por aglomeração e uso indevido de máscara, descumprindo o decreto governamental.

Já na Bola do Produtor, bairro Jorge Teixeira, o estabelecimento também foi notificado por excesso de pessoas no ambiente e uso indevido de máscara. O fiscal sanitário Augusto Júnior, que esteve à frente das vistorias, enfatizou a importância de somente uma pessoa por família ir ao estabelecimento.

“Como é uma época de pagamento de final de mês, nós optamos por trabalhar com os supermercados, que têm um volume aumentado de clientes, nesta época, na zona leste. Estamos com cinquenta por cento de autuação de duas grandes lojas da Bola do Produtor por excesso de pessoas do grupo familiar e também pelo não uso de máscara por clientes e colaboradores”, disse o fiscal.

O inspetor de saúde da Fundação de Vigilância Saúde (FVS) Roger Pacheco chamou a atenção dos clientes que não respeitam o distanciamento social. “Nós trabalhamos com a orientação, pois as pessoas não conseguem entender que o uso de máscara é essencial. O álcool em gel, o distanciamento, a quantidade de cinquenta por cento continua valendo”, ressaltou Roger.

TCE-AM assina contrato com a FGV para realização do concurso público com oferta de 40 vagas imediatas

0
O presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Mario de Mello, e o presidente da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Carlos Ivan Simonsen Leal, assinaram, na manhã desta quarta-feira (31), o contrato para realização do concurso público da Corte de Contas, com oferta de 40 vagas imediatas para o cargo de Auditor Técnico de Controle Externo A. Também participou da solenidade o coordenador da Comissão do Concurso Público e ouvidor do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro. Carlos Simonsen assinou o documento de forma remota.

“É um sonho realizado. Há uma necessidade muito grande de reposição do nosso quadro de servidores e tivemos o apoio do Tribunal Pleno, a coordenação do conselheiro Érico Desterro, e estamos muito satisfeitos de vencermos mais essa etapa. É um momento histórico para o Tribunal de Contas. Um Tribunal forte e pulsante só se constrói com um corpo técnico estruturado. Nossos valorosos servidores foram se aposentando ao longo dos últimos anos e estamos com um total de 217 cargos vagos aptos a disponibilizar no concurso público. No entanto, em respeito ao limite de gastos com pessoal, previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal, só temos disponibilidade orçamentária e financeira para ofertar, de imediato, 40 vagas”, disse o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

A expectativa é que o edital seja lançado ainda no primeiro semestre deste ano com as provas realizadas também no primeiro semestre e nomeações a partir do segundo semestre de 2021.

Ao todo são 217 vagas em aberto no TCE-AM. Elas são referentes a 129 cargos na área de Auditoria Governamental; nove cargos de Auditoria de Obras Públicas; 15 cargos de Auditoria de Tecnologia da Informação; e 20 cargos para o Ministério Público de Contas (MPC). Além disso, de 2020 a 2025 há previsão de outros 89 cargos vagos.

As 40 vagas imediatas para o cargo de Auditor Técnico de Controle Externo A – todas de nível Superior – que serão ofertadas no concurso público devem ser distribuídas da seguinte forma: 18 para a área de Auditoria Governamental; 15 para a área de Auditoria de Tecnologia da Informação; cinco para a área de Auditoria de Obras Públicas; e dois cargos para o Ministério Público de Contas.

Segundo a Lei 4.743 de 28 de dezembro de 2018, o vencimento básico do cargo de Auditor Técnico de Controle Externo A é de R$ 8.328,77 mais benefícios (como plano de saúde) e demais vantagens do cargo como, entre outros, o adicional de qualificação, estipulado em 20% do vencimento básico.

As demais especificações do concurso público como formato da prova, data prevista para realização do certame e qualificações exigidas para cada área constarão no edital do concurso público a ser divulgado pela FVG.

FGV é a organizadora
Em setembro de 2020, durante a 28ª Sessão administrativa do Tribunal Pleno, aprovou a realização do concurso público para provimento de 217 cargos no TCE-AM, conforme levantamento da Diretoria de Recursos Humanos (DRH) da Corte de Contas.


Em janeiro de 2021, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi anunciada como organizadora responsável pela realização do certame. E, em março de 2021, foi publicado no Diário Oficial Eletrônico (DOE) da Corte de Contas o despacho de dispensa de licitação para contratação da banca.

“A Fundação Getúlio Vargas é, indiscutivelmente, uma instituição de respeito nacionalmente, com experiência na realização de certames. Não teremos gastos com a realização do concurso porque a banca será paga com os valores das taxas de inscrições. A pandemia atrasou o cronograma, mas a nossa intenção é realizar o concurso público ainda este ano”, afirmou o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

Próximas fases do certame

De acordo com o coordenador da Comissão do Concurso Público e ouvidor do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro, após a assinatura do contrato devem ser realizadas reuniões com técnicos da FGV para atualizar os dados para realização do concurso público.

“Precisamos verificar o formato do concurso, o conteúdo programático e qual relevância de cada disciplina no âmbito da atuação do TCE-AM, como foi nos outros anos. Para, aí sim, lançarmos um cronograma de publicação do edital, prazos de inscrições, publicação do deferimento das inscrições e realização das provas em uma data prevista. Não quer dizer que as provas serão nesta data uma vez que estamos vivendo uma pandemia e o Tribunal respeitará todas as medidas necessárias para prevenir a disseminação da Covid-19”, explicou o conselheiro Érico Desterro.

Ele explicou, ainda, que a depender das condições orçamentárias e financeiras, em respeito à LRF, o TCE-AM poderá nomear mais aprovados até a data de validade do concurso (2 anos).

 
“O Tribunal tem 217 cargos possíveis de serem preenchidos. Mas, neste momento, por conta das limitações da Lei de Responsabilidade Fiscal, só serão preenchidos 40 cargos vagos. Por conta do orçamento, no período de validade do concurso o Tribunal poderá contratar mais aprovados”, esclareceu o conselheiro Érico Desterro.

Prefeitura de Manaus prorroga regime de teletrabalho para servidores até 30 de abril

0

A Prefeitura de Manaus prorrogou o regime excepcional de teletrabalho para os servidores públicos municipais até o dia 30 de abril. O Decreto n°. 5.050, que estende a vigência do Decreto n°. 4.099, de 4 de janeiro, foi publicado na noite desta segunda-feira, 29/3, no Diário Oficial do Município (DOM). A medida é uma determinação do prefeito David Almeida, em atenção às necessidades de prevenção e controle da propagação da Covid-19 no âmbito municipal.

A decisão afeta aproximadamente 40 mil servidores ativos, que atuam em secretarias e órgãos da estrutura municipal, informa a Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), gestora de recursos humanos do município.

O decreto autoriza aos dirigentes dos órgãos e entidades municipais a inclusão de regras complementares, visando à necessidade de cada pasta. Também fica recomendado uso de escala de revezamento entre os servidores.

As secretarias que optarem pelo atendimento presencial ao público deverão obedecer ao período de 8h às 14h, seguindo os protocolos de distanciamento social e uso de máscara nas repartições. Permanecem suspensos treinamentos, eventos coletivos, viagens oficiais e a participação de qualquer servidor em atividades que geram aglomeração.